A participação da mulher no gerenciamento de risco voltado ao transporte de cargas

A mulher por essência, possui algumas competências que se destacam em qualquer atividade profissional. Somos hábeis em exercer multitarefas, temos facilidade no trabalho em equipe, apreciamos cultivar relacionamentos interpessoais sem contar o exercício de uma comunicação clara, objetiva e assertiva. Desta forma, com um olhar holístico, a mulher torna-se um aliado importante no mundo corporativo.

O gerenciamento de risco na cadeia logística tem um amplo campo a ser explorado pelas mulheres. Tradicionalmente, a logística é uma área de predominância masculina. Entretanto, as mulheres estão cada vez mais conquistando seu lugar na área operacional, tático e estratégico.

Existe um vasto campo de trabalho, pois essa especialidade é requerida principalmente dentro de empresas de Gerenciamento de Riscos, Tecnologias, Transportadoras, Operadores Logísticos, Embarcadores, Corretoras, Seguradoras e Resseguradoras.

As mulheres exercem atividades como motoristas de caminhão (gerenciando seu tempo de chegada, integridade do produto transportado entre outros fatores), na área de planejamento e agendamento de cargas, na área de estoque, planejamento de rota, no controle de jornada do motorista, no monitoramento da viagem, auditoria de processo, na análise de sinistros, desenvolvimento de mitigação do risco entre outras funções.

Desafiar a situação atual, trazer soluções com novas perspectivas, antecipar-se às tendências, buscar a diferenciação do negócio e do processo são necessidades deste mercado de trabalho e exige um aprimoramento constante das habilidades intelectuais.  

Para atender às demandas deste mercado tão exigente, invisto no meu capital intelectual. Me mantenho atualizada através de leituras técnicas, participação em feiras especializadas no setor de logística e seguros de transportes. Em agosto de 2019, decidi pelo investimento no curso de Seguros e Resseguros em Londres pela Escola Nacional de Seguros (ENS) em parceria com o The Chartered Insurance Institute (CII).

Foi uma experiência simplesmente sensacional! Além de conhecer outros profissionais de gerenciamento de riscos, o treinamento abordou métodos de mensuração, monitoramento, controle e tratamento dos riscos, aspectos financeiros e operações internacionais. Para abrilhantar a experiência, uma visita ao berço do seguro e resseguro no mundo, o Lloyd´s. 

Eu acredito fortemente na educação continuada e este ano, estou fazendo um curso na área de liderança pela Business School São Paulo (BSP). Meu objetivo neste momento da minha carreira profissional, está pautada no desenvolvimento de competências em liderança e gestão de pessoas.


Miriam Alves

Miriam Alves

Graduada em Análise de Sistemas pela Faculdade de Sorocaba (UNISO). Pós Graduação em Gestão de Pessoas pela FGV; logística pela faculdade Anhanguera e Gestão de Riscos e Seguros pela FGV in company. 18 anos de experiência em Gerenciamento de Riscos e Seguro de Transportes. Certificação Internacional em gerenciamento de riscos pela Alarys. Atualmente é coordenadora da comissão de gerenciamento de riscos da FENSEG e coordenadora da área de gerenciamento de riscos da Tokio Marine.