Não tenha receio do desconhecido e confie na sua capacidade

É fundamental ter pleno conhecimento sobre a sua área de negócios. Hoje, um advogado corporativo não pode se limitar a ser backoffice.

Precisa conhecer a atividade da companhia, entender a estratégica comercial, compreender as políticas internas, a forma de abordar os clientes internos e externos e prover soluções e não obstáculos.

O conhecimento traz segurança na hora de se posicionar perante os clientes internos e externos. Traz segurança para se posicionar perante os demais players do mercado.

Quando entrei no mercado segurador, há 10 anos, era uma mulher imatura ainda. Não me sentia confiante.

Aos poucos, assumir maiores responsabilidades e desenvolver o conhecimento técnico e jurídico permitiu com que eu tivesse cada vez mais entrada no mercado.

Não ter receio do novo, entender e aceitar que ninguém é perfeito e que há sempre espaço para melhoras torna o profissional preparado para enfrentar desafios sem congelar perante uma dificuldade.

Hoje, me vejo assim...

O que faz a mulher se posicionar em condições de igualdade com os homens neste mercado é ter muito estudo e coragem para levantar a mão e aceitar um desafio, ainda que não esteja 100% preparada (e quem está?).

Coragem de se posicionar.

Falar não quando preciso, mas quando possível. Tomar riscos. Enfrentar desafios. Não ter receio do desconhecido e confiar na sua capacidade. Isso a coloca em condições de igualdade com os homens no mercado.

O mercado segurador é amplo. Há várias vertentes. Na parte jurídica, a internacionalização do setor é algo inevitável. Entender como o mercado funciona é um skill extra. É importante não ter receio de estudar, correr atrás.

É um mercado carente de profissionais que assumem o risco junto com seu cliente interno. Tem muito espaço... Estude, enfrente, não esmoreça... E voe.

 


Guadalupe Nascimento

Guadalupe Nascimento

Conselheira da AMMS, diretora Jurídica e Compliance na Allianz Global Corporate & Specialty Resseguros, Guadalupe e presidente do Grupo Nacional de Trabalho de Resseguro da AIDA (Associação Internacional do Direito do Seguro), além de membro efetivo da Comissão de Direito Securitário da OAB/SP. É graduada em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e mestranda em Direto Civil pela Universidade de São Paulo (USP).