Fundos de pensão tiveram rentabilidade de 12,22% em 2018

As entidades fechadas de previdência complementar, os chamados fundos de pensão, tiveram rentabilidade de 12,22% no acumulado de 2018, segundo balanço da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (ABRAPP).

Os ativos totais administrados somaram no ano passado R$ 900 bilhões – 7,4% acima dos 838 bilhões do ano anterior. A rentabilidade média de 2018 ficou pouco acima do retorno de 11,36% registrado em 2017.

Segundo a Abrapp, o índice superou a TJP (Taxa de Juros Padrão), que foi de 10,14%, e o CDI (Certificados de Depósito Interbancário) que foi de 6,42%. "No longo prazo o cenário também é positivo, registrando no acumulado (2004 a 2018) 539,95%", diz a entidade.

Nos 15 anos encerrados em 2017, no entanto, a rentabilidade acumulada foi de 641,45%.