Inadimplência volta a subir em outubro

A inadimplência dos consumidores voltou a subir em outubro, após dois meses de queda, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (8) pela Boa Vista SCPC. Na comparação com setembro, o indicador teve alta de 2,3%. Houve alta também em relação a outubro de 2018, de 0,4%.

No ano, no entanto, a inadimplência acumula queda, de 3% – a mesma variação acumulada em 12 meses.

"O cenário ainda não é alarmante, pois a inadimplência segue baixa em relação à média histórica, mas a tendência é de alta", afirma a Boa Vista em nota. "O aumento das concessões (de crédito), ante uma recuperação lenta da renda e do emprego, tem resultado em maior endividamento e comprometimento dos recursos das famílias com o pagamento de dívidas e, com isto, a inadimplência já mostra sinais de alta".

Regionalmente, as maiores altas da inadimplência na passagem de setembro para outubro foram registradas no Norte, de 3,7%, e Nordeste, de 3,1%.

A região Sudeste também teve crescimento acima da média nacional, de 2,7%. Já no Centro-Oeste e Sul, as taxas foram menores, de 0,8% e 0,6%, respectivamente.